É a especialidade da odontologia responsável pelos tratamentos dos condutos radiculares. Apesar de ter uma aparência puramente mineral, os dentes são órgãos vivos do corpo humano. Sua parte vital é constituída pela polpa e canais radiculares. Quando, por qualquer motivo que seja, esta parte viva do dente é afetada (p.e., cáries profundas, traumatismo dentário, lesões endoperiodontais) é necessário limpar estes canais e preenchê-los com um material biocompatível (que o corpo não rejeite). A tudo isto chamamos de tratamento endodôntico, conhecido popularmente como “tratamento de canal”.

Tão importante quanto o tratamento endodôntico, é o modo como o dente será restaurado. Após um tratamento, o dente fica mais frágil e pode fraturar facilmente, por isto é necessário realizar o tratamento restaurador correto, que irá dar a resistência mecânica necessária para o dente aguentar toda a força mastigatória.

A endodontia traz consigo um fantasma histórico de que “dói tanto tratar um canal que parece uma tortura”. Isto acabou! Com esta nova tecnologia, um tratamento endodôntico costuma ser tão tranquilo quanto realizar uma simples restauração e o tempo do tratamento pode durar apenas uma sessão.

Nossos tratamentos são realizados apenas por especialistas.